Entendendo o ISA - parte 2: quais as melhores escolas de programação atualmente?

income share agreement Fev 26, 2021

Este texto é a parte 2 de uma série sobre Income Share Agreement. Se você não leu a parte 1, leia aqui. Não há um número limitado para série.

A taxa de desemprego no Brasil está em 14,3%, equivalendo a 14,1 milhões de brasileiros fora do mercado de trabalho. Ao mesmo tempo, há um deficit de 70 mil desenvolvedores por ano no Brasil. Qual o motivo?

A resposta é complexa, mas uma grande razão é a falta de capacitação. No país de cada 100 alunos que terminam o ensino médio no setor público, 32 tem conhecimento adequado em matemática. Considerando que há 8 milhões de jovens no médio, sendo 1/3 do 3º ano, então estamos falando de 2.6 milhões de jovens tomando decisões a respeito do próximo passo em suas vidas. Desses, apenas 832 mil (32%) terão conhecimento adequado em matemática para seguirem uma carreira em tecnologia.

E quais as opções desses 832 mil jovens potenciais?

Hoje um curso de analista de sistemas EaD possui cerca de R$200 - R$ 300 de mensalidade com uma duração de 2,5 anos, o que vai acarretar um valor total de R$ 6 mil a R$ 9 mil. O salário médio para um analista de sistema é de R$ 3.700. Pagar essa mensalidade durante quase três anos é puxado para a maioria dos jovens, já que em muitos casos eles têm que complementar a renda em casa — lembre-se que no Brasil, como costume , a elite estuda em universidades públicas e o povo estuda nas privadas.

Então estes jovens podem pensar "pera aí, tem um tal de income share não sei o quê em que eu pago só depois...deixa eu ver como funciona".

Esse jovem vai descobrir que por mais que haja um aumento no número de coding schools (escolas de programação) com Income Share Agreement (Modelo de sucesso compartilhado), as opções de faculdade ainda são maiores. Isso é óbvio já que estamos falando de uma tendência recente com pouco investimento se comparado ao mercado de ensino superior. Ao escolher entre as poucas opções, esse jovem deveria olhar, na minha opinião, para 4 critérios principais:


Inscreva-se na newsletter do Garagem Educação e não perca conteúdo sobre tecnologia, educação e startups.


  • Área: O mercado de tecnologia é muito vasto e por isso há muitas opções, porém, temos dois vencedores: web development e data science. Os dois são os mais oferecidos pelas coding schools e a demanda realmente é alta. Eu recomendo ir para data science pois a competição por talento em dados será global (650% em crescimento de vagas de acordo com o Linkedin). Com o aumento de trabalho remoto um aluno no interior de Goiás poderá trabalhar para uma startup americana ganhando em dólar.
  • Qualidade: Não há um comparativo com avaliações dos alunos a respeito dos cursos atuais, mas a qualidade é medida por um simples fator: quais empresas estão contratando desenvolvedores daquela coding school? Hoje este fator pode enganar pois a demanda é tão alta e o hype por coding schools é tão grande que as empresas vão contratar de qualquer lugar. O médio prazo vai realmente mostrar quais das coding schools que vão realmente escalar ensino de qualidade. As outras irão produzir desenvolvedores ruins que, com o tempo, não serão aceitos pelas empresas. Portanto, o mercado irá otimizar essa qualidade ao meu ver.
  • Preço: A comparação com um curso de analista de sistemas por exemplo não vai sumir, então é importante ter clareza de qual o investimento-base oferecido pela edtech. O investimento normalmente está atrelado ao nível de serviço do curso: mais caras possuem mentores, aulas extras, conteúdos específicos e outros.
  • Dívida: Ao fazer o empréstimo do ISA, pago por um longo período da vida (3 - 5 anos) é importante saber qual o multiplicador, isto é, quanto a mais você está pagando se optar por essa modalidade. Você pode avaliar se não faz mais sentido obter empréstimo em outro local e simplesmente pagar a coding school à vista ou parcelado.

Com base nestes critérios eu escolhi comparar 6 coding schools que oferecem o modelo ISA para o curso de web development. Tive que limitar o curso para ter um comparativo mais preciso e, se faltou alguma que preenche os critérios acima, me envie em amaral@garagemeducacao.com que eu adiciono aqui depois.

Quatro interpretações da análise acima:

  1. Mercado ainda em desequilíbrio: Obviamente que pelo ISA ser tão recente, ainda vamos  ter um mercado com grande variação de preços - apesar da necessidade do usuário ser a mesma (aprender web development). O mais caro da lista é o da Kenzie Academy, enquanto que o mais barato é o da Resilia. A média do grupo é de R$ 17.089.
  2. Multiplicadores exorbitantes (ou não): Os multiplicadores do ISA estão também com grande variação. Pagar 2x um curso pode doer no futuro para alguém que não tem condições agora, mas que pode conseguir um bom trabalho depois. Destaque novamente para Resilia com 1.2 de multiplicador - o menor entre todos. Média de 1.5 para as EdTechs analisadas. A maioria das EdTechs usa a Provi como motor financeiro para ofertar esse serviço, por isso há um padrão girando em torno dessa média.
  3. R$ 2.831 é a renda mínima: Isso é bastante interessante já que o valor não é alto para ser em tecnologia — estagiários de multinacionais chegam a ganhar isso em São Paulo — porém é alto a nível Brasil, já que significa que você vai ganhar mais que 85% dos brasileiros. Importante você prestar atenção em quais tipos de trabalhos que a empresa está considerando: há empresas que vão pedir seu pagamento mesmo que você trabalhe como motorista de UBER desde que ganhe acima da renda mínima. Outras, mais razoáveis, vão listar algumas ocupações que se qualificam.
  4. De 2 a 12 meses: Como usuário eu ainda não consegui diferir todas as funcionalidades / serviços oferecidos pelas diferentes coding schools e essa variação enorme em período me deixou bem confuso. Será que 12 meses não é um desperdício do tempo ou  que 2 meses não é curto demais para realmente aprender? Este critério está associado a qualidade e, de novo, este é um fator a ser estabelecido no médio prazo por meio das empresas.

Concluindo, o ISA ainda é recente, mas pode ser uma ótima alternativa para os jovens que querem uma perspectiva melhor de futuro profissional. É importante pensar em 4 fatores críticos ao escolher e observar com detalhes quais as empresas contratando de quais dessas coding schools. A vantagem do ISA e das coding schools é um modelo extremamente alinhado aos interesses dos alunos e isso deve ser levado em conta quando fizer a comparação com uma faculdade EaD que pode só querer seu dinheiro por 2,5 anos e não vai garantir sua empregabilidade tanto assim.

Discorda de algo? Deixe seu comentário e compartilhe este post com seus colegas!

Tópicos

Amaral Medeiros

Empreendedor @ ChatClass, acelerada por Google / Facebook e com 400 mil alunos em 🇧🇷 🇩🇪. Co-autor de livro de Stanford sobre ensino de coding, Ex-Líder Transfor. Digital @ Instituto Ayrton Senna

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para ter o acesso completo.
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está completamente ativada, agora você tem acesso completo ao conteúdo.